Imagem Terapias Alternativas para o Tratamento de Ansiedade

 

Os transtornos de ansiedade estão associados a doenças cardíacas, redução na qualidade de vida e suicídio.

Alguns tratamentos alternativos parecem promover a redução nos níveis de ansiedade entre os portadores de Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG). Mas o que a ciência tem a dizer sobre cada um desses tratamentos?

Separa papel e caneta que aí vai uma lista das práticas integrativas que podem ajudar as pessoas com ansiedade.

1- Yoga

Yoga ou Ioga (grafia correta em português) é uma prática com enfoque em posturas, respiração e meditação. Um estudo realizado com 226 participantes que possuíam diagnóstico de TAG comparou a eficácia de 3 intervenções: Kundalini yoga X terapia cognitivo-comportamental X aulas sobre os efeitos do estresse (grupo controle). A Terapia cognitivo-comportamental (TCC) mostrou-se superior às outras intervenções. Mas os resultados do estudo também sugeriram que Kundalini yoga reduziu a preocupação excessiva em alguns indivíduos por um período de tempo curto.

Comentário: quem entende bem do assunto sabe que em termos de eficácia não é fácil superar a terapia cognitivo-comportamental (TCC). A TCC é um tratamento de primeira linha para os transtornos de ansiedade.

2- Meditação Mindfulness

Corre pela internet a lenda de que temos cerca de 40 mil pensamentos em um dia. Com tantos pensamentos, pode ser difícil prestar naquilo que realmente importa: o momento presente. O propósito da Meditação Mindfulness é nos afastar das distrações (pensamentos, sentimentos que não tenham relação com a experiência atual) para que possamos ver, sentir, ouvir e viver o agora. Uma revisão sistemática de 2014 que incluía 47 estudos com 3515 indivíduos concluiu que os programas de meditação mindfluness eram capazes de reduzir ansiedade, depressão e dor entre os participantes.

Comentário: Meditação Mindfulness existe há mais de 2500 anos aliviando o sofrimento humano. Já deu para perceber que eu sou uma grande fã dessa prática integrativa, não é?!

Outro comentário: O mecanismo exato pelo qual a prática de meditação melhora os sintomas de ansiedade ainda é um mistério, mas a ciência tem algumas teorias. Uma dessas teorias acredita que meditação e técnicas de respiração promovem redução da ansiedade porque diminuem os níveis de cortisol, de adrenalina e de noradrenalina.

3- Atividade Física

Há várias publicações científicas mostrando os benefícios da prática regular de atividade física.

Um desses estudos avaliou 33 participantes que foram divididos em dois grupos distintos e acompanhados por 30 dias. Um grupo recebeu um tratamento de primeira linha para transtorno de ansiedade generalizada (TAG) e realizou treinos intervalados de baixa intensidade (LIIT). O outro grupo também recebeu um tratamento de primeira linha para TAG, mas realizou treinos intervalados de alta intensidade (HIIT). Houve uma redução nos níveis de preocupação exagerada dos 2 grupos, mostrando que a atividade física regular é capaz de reduzir a ansiedade quando associada a outros tratamentos de primeira linha. No grupo que praticou os treinos intervalados de alta intensidade (HIIT) essa redução nos sintomas de ansiedade foi ainda maior.

Comentário: lembrando que todos os participantes foram submetidos à avaliação clínica antes de realizarem exercícios físicos. Nada de sair por aí praticando atividade física sem procurar um médico.

4- Tai chi chuan

Tai chi chuan é uma arte marcial chinesa que preconiza a prática de meditação em movimento. Um estudo de revisão da literatura realizado em 2014 mostrou que a prática de Tai chi foi capaz de reduzir a ansiedade entre os praticantes.

5- Espiritualidade e Religião

Alguns trabalhos de pesquisa avaliaram a eficácia da meditação transcendental, da meditação Qigong e da meditação devocional (meditação bíblica). Houve uma redução nos níveis de ansiedade entre os participantes das pesquisas clínicas.

Muitos dos estudos que avaliaram a eficácia das práticas integrativas e complementares na redução da ansiedade tinham problemas metodológicos. Ainda assim, considerando os achados existentes e a possibilidade de efeitos adversos mínimos, alguns psiquiatras são favoráveis à prática dessas terapias.

Nota 1: há um texto sobre Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG) no link https://dranadimme.com.br/transtornos-mentais/ansiedade/

Nota 2: a terapia cognitivo-comportamental (TCC) não foi inserida no texto sobre terapias alternativas, por se tratar de um tratamento de primeira linha para transtornos de ansiedade. Terapia cognitivo-comportamental não é tratamento alternativo.

Referências bibliográficas

Bystritsky, Alexander. “Complementary And Alternative Treatments For Anxiety Symptoms And Disorders: Physical, Cognitive, And Spiritual Interventions”. Uptodate.Com, 2021, https://www.uptodate.com/contents/complementary-and-alternative-treatments-for-anxiety-symptoms-and-disorders-physical-cognitive-and-spiritual-interventions?source=history_widget. Accessed on April 18, 2021.

Goyal, Madhav, et al. “Meditation programs for psychological stress and well-being: a systematic review and meta-analysis.” JAMA internal medicine 174.3 (2014): 357-368.

Plag, Jens, et al. “Working out the worries: A randomized controlled trial of high intensity interval training in generalized anxiety disorder.” Journal of Anxiety Disorders 76 (2020): 102311.

Simon, Naomi M., et al. “Efficacy of yoga vs cognitive behavioral therapy vs stress education for the treatment of generalized anxiety disorder: a randomized clinical trial.” JAMA psychiatry 78.1 (2021): 13-20.

error: Conteúdo protegido!!