Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG)

A ansiedade revelou-se, ao longo da evolução, uma característica vantajosa na luta pela sobrevivência. Isso porque as espécies que apresentavam preocupações tinham maiores chances de garantir a alimentação ou sobreviver a um perigo. Mas o que representava uma vantagem para alguns, tornou-se uma doença em outros.

Imagem Ansiedade

Quando a ansiedade é considerada doença?

Algumas pessoas possuem dificuldade em controlar as próprias preocupações. Sentem-se ansiosas na maior parte dos dias por pelo menos 6 meses, demonstrando uma preocupação excessiva com as situações do dia-a-dia. A isso chamamos de Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG).

Quais são os sintomas do TAG?

Além de preocupações excessivas, pessoas com TAG podem apresentar:

  • insônia
  • irritabilidade
  • sensação dos nervos à flor da pele
  • dificuldades de concentração
  • problemas de memória
  • tensão muscular
  • dores no corpo
  • boca seca
  • dores de estômago
  • dores de barriga
  • diarreia
  • suor excessivo

Os sintomas trazem sofrimento ou prejudicam a rotina dos pacientes.

Como saber se devo procurar um psiquiatra?

Você deve procurar um psiquiatra caso suspeite que tenha preocupações excessivas. Considere a sua ansiedade excessiva, se ela for mais intensa ou mais duradoura para você do que seria para outras pessoas em uma situação parecida.

Encontra-se disponível em nosso site um teste de ansiedade.

Como será a vida de alguém com ansiedade?

Sem tratamento, infelizmente as chances de controle dos sintomas são pequenas. Assim, ao longo da vida, um paciente com TAG não tratado tende a experimentar períodos de piora e de abrandamento dos sintomas.

Qual a relação entre ansiedade e depressão?

O TAG é apenas um dos tipos de transtornos ansiosos. Nesse grupo dos transtornos ansiosos, há as Fobias, o Transtorno de Ansiedade Social, o Transtorno do Pânico e diversas outras patologias.

Apesar de ser classificado como um transtorno de ansiedade, a maior proximidade do TAG é na verdade com sintomas depressivos. E quanto maior o tempo sem tratamento, maiores as chances do TAG evoluir para depressão. Por isso, é importante que pacientes com preocupações excessivas busquem ajuda especializada o mais rápido possível.

Qual o tratamento do TAG?

O tratamento do TAG inclui:

  • Medicamentos – o uso de antidepressivos pode aliviar os sintomas de ansiedade mesmo em pacientes sem depressão. O psiquiatra pode decidir qual o remédio mais indicado para cada paciente.
  • Terapia – são encontros em que o paciente pode revelar seus medos e preocupações a um terapeuta. O psiquiatra pode orientar qual o tipo de terapia mais indicado para cada paciente.

Alguns pacientes precisam receber medicamentos enquanto fazem terapia. E é preciso ter em mente que pode demorar algum tempo até que os tratamentos funcionem.

Referências Bibliográficas

American Psychiatric Association. DSM-5: Manual diagnóstico e estatístico de transtornos mentais. Artmed Editora, 2014.

Miguel, E. C., Lafer, B., Elkis, H., & Forlenza, O. V. (Eds.). (2021). Clínica Psiquiátrica (2nd ed., Vol. 2). Manole.

Patient education: Generalized anxiety disorder (The Basics). UpToDate. Waltham, Mass.: UpToDate, 2021. Retrieved on May 23, 2021, from https://www.uptodate.com/contents/generalized-anxiety-disorder-the-basics?search=anxiety%20basics&source=search_result&selectedTitle=1~150&usage_type=default&display_rank=1

 

Dra. Nadimme Caloba,
Psiquiatria

Apaixonada por Neurocognição, Psiquiatria Geriátrica e outras coisas relacionadas ao Ser Humano.

Mais sobre
Transtornos Mentais

error: Conteúdo protegido!!